sexta-feira, 11 de agosto de 2017

#partiuterapia e a importância do auto cuidado

As #hastags são marcadores de #palavras-chaves que facilitam a reunião e a pesquisa de postagens relacionadas ao mesmo tema na internet, seja por meio de um computador ou de aparelho celular.

As hashtags são muito utilizadas para enfatizar a mensagem relacionada à postagem ou para ironizar algum aspecto da mesma, nas redes sociais. E em tempos hiperconectados, há pessoas que postam sua "felicidade", sua "autoestima", sua dedicação e auto cuidado com hashtags como #partiuacademia, #partiutreino, #partiudieta, #partiuviagem etc.

É difícil ver alguém postar #partiuterapia, o que talvez seja um indício de preconceito com o tratamento psicológico ou resistência a ter que olhar para as próprias dificuldades e problemas.

Os dados de interação nas redes sociais mostram que a maioria das postagens realizadas por usuários são de auto retratos, as famosas selfies. Existem pesquisas que problematizam a quantidade de selfies postadas nas redes socais e segundo elas, quanto mais selfies a pessoa posta, mais infeliz ela é e pode ser indícios de traços depressivos. 



Ter problemas, algum sofrimento, angústia, dificuldades todo mundo tem em algum momento. Pois, a vida é cheia de situações, acontecimentos e cada pessoa vai perceber as coisas de forma diferente, do seu jeito. O problema começa quando, para a pessoa, não é mais possível aguentar determinada situação, quando se entra no desespero ou na paralisia. 

Esse momento é o momento de procurar ajuda de um profissional de psicologia. Quando já não se sabe o que fazer para continuar tocando a vida, a angústia é insuportável e afeta o dia a dia da pessoa, quando afeta sono, alimentação, relações etc. Nesses casos, é aconselhável não esperar que a situação se agrave e buscar um psicoterapeuta para cuidar da saúde mental.



O cuidado com a própria saúde mental é um ato de auto amor, de auto cuidado, e é algo que só a pessoa pode fazer por ela, pois, ninguém obriga ninguém a fazer psicoterapia. É óbvio que nem todas as pessoas tem condições de pagar por serviços profissionais particulares, mas, existem algumas formas de ter acesso à psicoterapia: serviços de psicologia da faculdades que tem graduação de psicologia, em instituições filantrópicas, ONGs, instituições religiosas que tem psicólogos voluntários, como também com profissionais que abrem vagas para atendimento com valor social (valor acordado com a pessoa de acordo com o que ela pode pagar ou com valor fixo com desconto).


Misto de ironia e sugestão, faço uma brincadeira com a hashtag para ressaltar a importância da psicoterapia na promoção da saúde e auto cuidado de qualquer pessoa. Para as pessoas que querem #autoconhecimento, #saúdemental e #bemestar a hashtag #partiuterapia pode ser um sinal, um marco de bem estar e mudança de #estilodevida.

Abaixo, algumas variações de cor de pele e gênero para você escolher a que mais se parece com você e compartilhar se desejar! (Não esqueça, não tire os créditos de autoria da imagem, respeite os direitos autorais).



Leia também:

O que é e como é a psicoterapia 

Como saber se você precisa de psicoterapia

Coisas que você precisa saber antes de fazer psicoterapia 

10 verdades sobre psicoterapia que você precisa saber 




Psicóloga em Salvador, Psicoterapia em Salvador, Coaching em Salvador, Palestrante em Salvador, Psicologia, Terapia, Terapia on line, Psicóloga on line, Gestalt-terapia, Gestalt BahiaPsicóloga em Salvador, Psicoterapia em Salvador, Coaching em Salvador, Palestrante em Salvador, Psicologia, Terapia, Terapia on line, Psicóloga on line, Gestalt-terapia, Gestalt Bahia

Psicóloga on line, Atendimento Psicológico On Line, Orientação Psicológica On Line

****** Siga Julini nas redes sociais ******
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, escreva seu comentário expondo sua dúvida em relação ao assunto, dando sua opinião ou fazendo uma crítica construtiva. Não se preocupe, o que você escrever ficará entre nós, pois, os comentários serão mantidos privados para preservar a privacidade de quem deseja expressar sua opinião.

ARTIGOS